quinta-feira, 19 de junho de 2008

O rei sapo e o gato



No centro de uma floreta, há muito tempo atrás, existia um castelo, lá vivia uma pricesa e seu pai, a princesa tinha uma bonequinha fantastica: sabia falar, andar, correr, brincar... Um dia as duas estavam bricando de esconde-escondeperto de um poço. A bonequinha só não sabia três coisas: nadar, que o poço era fundo e que no poço havia água. Ela foi se esconder no poço, a princesa quando estava terminando de contar ouviu o grito da bonequinha, ela ficou desesperada, quando ouviu duas vozes falando uma coisa só:
- Não se preocupe linda princesa, vou buscar sua bonequinha, mas em troca quero comer no seu pratinho de ouro, beber na sua tacinha e dormir na sua caminha.
- Faço qualquer coisa pela minha bonequinha, mas quem está falando?
Ninguem falou nada, ela só ouviu o barulho de alguém pulando no poço, depoi de alguns minutos ela viu um sapo nojento e um gato horrivel com sua bonequinha, ela pegou a boneca e saiu correndo.
Depois de um tempo ela viu que estava perdida. Passou um dia e uma noite perdita, quando, finalmente chegou em casa.
Quando foi para a cozinha foi comer algo, quando seus pratinhos sujos: um de leite e o outro de algumas moscas mortas, deu um berro, o gato veio logo ver o que estava acontecendo. Quando a princesa viu o gato e com raiva o atirou contra a parede, ela viu que aquele gato horriveltinha virado um belo princepe.
Eles se casaram e viveram felizes para sempre.

2 comentários:

DIARIOS IONAH disse...

e o sapo? o que aconteceu com ele?
fiquei procurando por ele e qual nao foi a minha surpresa quando o vi fotografado e todo verdinho no seu blog anterior!
sera que foi por isso que voce nao o encontrou la no castelo da princesa?

Madu disse...

Pensei que a princesa ia casar com o sapo. Isso, entretanto já está sem graça... Gostei dela ter ficado com o gato. Agora entendo quando as meninas falam que os meninos são gatinhos. É só um jeito de chamá-los de príncipes, não é?